Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar

Saúde e bem-estar é a segunda de uma série de 4 matérias em homenagem às mulheres empreendedoras de Florianópolis, e que foi elaborada a partir de uma pesquisa realizada em nosso site no mês da mulher.

Quando se digita ‘SAÚDE’, no google, 750 milhões de páginas são sugeridas e digitando ‘BEM-ESTAR’, pouco mais de 700 milhões.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não, simplesmente, a ausência de doenças ou enfermidades. E bem-estar, para a OMS, é o conjunto de práticas e de elementos que proporcionam conforto, segurança, tranquilidade e satisfação.

Em uma consulta médica mais tradicional, normalmente, nos perguntam onde dói e logo temos uma receita nas mãos. Porém, há quem entenda que corpo, mente e espírito estão totalmente conectados e que precisamos cuidar de nós mesmos como um todo.

Quando li “A doença como caminho”, de Thorwald Dethlefsen e Rüdiger Dahlke, muitas fichas caíram sobre a nossa participação, e a do meio em que vivemos, na criação de uma doença. E quando fiz os cursos de Reiki, Florais de Bach e Massoterapia, entendi o quanto o ser humano é capaz de se autocurar, quando decide investigar a causa da dor ou o que está alimentando isso.

No Sul de Floripa, entrevistando empreendedoras do ramo da saúde e bem-estar, seja ele tradicional, holístico ou estético; encontrei um universo de mulheres focadas e capacitadas na missão de curar em todos os sentidos. Algumas, inclusive, se dedicam a ensinar como criar hábitos na prevenção de doenças ou na promoção do bem-estar.

Agora pergunto: você tem olhado para si próprio e percebido as necessidades do seu corpo, sua mente e seu espírito?

No dia a dia da vida corrida, muitas vezes esquecemos do autocuidado, palavra essa que virou moda, mas que  veio para ficar! Olhar para si com frequência, com carinho e atenção pode ajudar a identificar problemas antes que se tornem graves.

Você, agora, irá conhecer pessoas e lugares que podem te acolher, em todas as suas dores e dissabores. E lembre-se, antes, durante ou depois, não importa, o que importa é você, ao despertar da negligência consigo, investir na sua saúde e no seu bem-estar.

• Samira Ghosn

Serviço de psicologia clínica

Dica da Samira:Aprender com os erros e crescer com eles, ao invés de se diminuir por causa deles.

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 1

A motivação da Samira para empreender foi querer ajudar a transformar vidas, pois sempre gostou da área clínica. Seu maior desafio, ela acredita ser o mesmo que para todo mundo, que é começar um negócio e confiar no próprio potencial, além de administrar as questões financeiras. Seu diferencial, enquanto psicóloga, é o trabalho colaborativo com o cliente. Isto é, no processo terapêutico não há uma imposição de saberes e nem uma hierarquia, é um processo horizontal onde o cliente caminha ao seu lado no processo. Para ela respeito, empatia e colaboração são os lemas na terapia. Samira gosta de trabalhar com uma escuta aberta, aprendendo sempre sobre o cliente para que a terapia seja feita sob medida para ele e para as necessidades dele.

• Nara Piazza

Retiros e vivências, yoga e experiências de transformação

Dica da Nara:Comece onde está, como está. Ninguém nasce pronto e nunca estaremos prontos para começar. Dê um passo, depois dê outro e assim vá fazendo. Tenha comprometimento nas suas ações e em tudo que você fala. Se entregue a jornada de corpo, alma. Permita errar, falhar. Lembra da tua imperfeição e acolha todas elas. Tenha coragem de ser imperfeito e tenha ousadia de ser quem você é. Construa e realize aquilo que faça seu coração vibrar alto, apesar de todos os desafios. E lembre-se: todo desafio é uma oportunidade gigante para você crescer. Seja protagonista da tua história! Crie a tua realidade! Deixe seu legado. Afinal, como você quer ser lembrado quando você partir? O que você faria da tua vida se não precisasse ganhar dinheiro? Essas reflexões podem te ajudar a ir em direção a tua missão. Siga teu sol!

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 2

A Nara começou sua independência aos 18 anos, trabalhando com empresas corporativas. Imediatamente, percebeu que aquele “sistema” não ressoava com sua essência. Na época, trabalhando como modelo e gostando do ramo da moda, empreendeu vendendo roupas, mas 8 anos depois, percebeu que sua motivação estava ligada ao desenvolvimento pessoal. E aí, foi um passo para ela cair dentro das terapias. Segundo ela, esse “dentro” significa que toda ação precisa de um motivo, e esse motivo precisa vir do coração. Hoje ela atua como professora de yoga terapia, terapeuta ayurveda e de cura energética comportamental. Seu diferencial é que ela traz uma análise para desmitificar o auto domínio, com objetivo de cada mulher encontrar sua forma de viver e praticar o autoconhecimento em liberdade por um conceito simples mas que ainda é tão desafiador: ser quem é! Sobre desafios, ela diz que o maior é sustentar aquilo que você se compromete a fazer, pois todo comprometimento requer muita disciplina, organização e resiliência. Para Nara, é preciso ser paciente com os processos, pois tudo tem um tempo para acontecer e o tempo divino é diferente do nosso.

• Rosana Gomes

Naturopatia

Dica da Rosana: “Fazer o que ama é a principal dica, porque aí o trabalho deixa de ser obrigação e passa a ser delicioso! Nos faz querer crescer constantemente e chegar longe. E muita persistência, as coisas demoram para ocorrer da maneira como gostaríamos e nem sempre dependem apenas de nós! Insista se isso é o que você quer, com dedicação e paciência!”

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 3

A motivação para Rosana abrir o negócio foi fazer o que amava, auxiliando as pessoas a se tornarem protagonistas da própria saúde e bem-estar. Segundo ela, isso faz seus olhos brilharem e o coração pulsar forte! Disse também que o ganho financeiro e a independência em ser sua própria chefe foram consequências naturais. O maior desafio, para ela, é fazer tudo sozinha e conseguir limitar o tempo de trabalho, pois cuidar da logística, da contabilidade, do marketing, do atendimento ao público e realizar os atendimentos demanda muita dedicação. Seu diferencial é olhar as pessoas com carinho e por inteiro, pois afirma que é preciso cuidar dos sintomas físicos e emocionais, além de estimular o auto-conhecimento em seus clientes para que sejam aptos a cuidarem-se de si, sozinhos.

• Camila Recke

Fisioterapeuta

Dica da Camila:Estude! Saiba tudo do seu negócio, administração é tudo

Camila Recke - Fisioterapeuta

Camila é fisioterapeuta e trabalha com fisioterapias manual e pós operatória, massagens, pilates, estética facial, reiki e barras de access. Sua maior motivação, ao empreender, foi poder proporcionar a funcionalidade das atividades diárias, através da fisioterapia e relaxamento muscular, através das massagens. O maior desafio, como empreendedora, foi a diminuição do fluxo de clientes devido a pandemia, pois decidiram ficar mais em casa. O que a fez ter que se adaptar. Seu diferencial é o atendimento personalizado.

• Ana Carolina Bucci

Fonoaudiologia

Dica da Ana Carolina:Fazer o que ama e faz teu olhos brilharem, se especializar e equilibrar com o entendimento que seu negocio é, também, o seu sustento. Dedique-se a isso também. O sucesso, assim, é so dar tempo ao tempo, que acontece.
Ana Carolina Bucci - Reabilitá

A motivação para empreender nasceu do desejo de saber que faria diferença na vida do outro e que poderia contribuir no processo de cura. Para Ana Carolina, o maior desafio ao entrar no mundo dos negócios foi conseguir equilibrar a doação como terapeuta, ou seja, a dedicação ao ser humano, e gerenciar o restante do trabalho como administradora. Seu diferencial é ser especializada na área de fonoaudiologia, juntamente com a formação de Laserterapeuta em casos típicos e neurológicos em motricidade orofacial, transtornos motores de fala e alimentação.

• Camila Reitz

Studio de Yoga

Dica da Camila:Minha dica para quem quer empreender é: começar, fazer um plano de negócio e colocar em ação. Começar com o que você tem e ir implementando melhoras, através da própria experiência que você ganha trabalhando. Tirar ideias do papel, ter coragem e força de trabalho.

Camila Reitz - Yoga

Ao abrir os Studios Hatha Vinyasa Yoga, Camila queria poder dividir o Yoga com mais pessoas. Para ela, Yoga é um bem enorme em sua vida e a ajudou em todos os desafios. Como empreendedora, a parte mais delicada de ter um negócio próprio é a quantidade de regras trabalhistas e fiscais. Ela aponta que novos empreendedores não têm nenhum auxilio do governo para começar e muitas regras deixam o pequeno empreendedor com riscos financeiros e trabalhistas. Para ela, são os pequenos empresários que levam o país para frente, dando emprego e gerando renda e, infelizmente, acabam sempre pagando uma conta muito alta por isso.

• Renata Lorena

Psicóloga

Dica da Renata:É necessário ter disciplina, planejamento, determinação e amor pelo o que se faz.

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 4

A pandemia foi um início de uma virada para a Renata. Ela não só aproveitou para pedir demissão da empresa que trabalhava como também decidiu focar na Psicologia Clínica, que era o que ela realmente queria, isso a lhe deu coragem para sair de São Paulo e vir a Florianópolis, atraída pela magia da Ilha! Aqui chegando, ela se instalou no Rio Tavares e começou a clinicar de forma online. Hoje ela também atende no Árvore Raiz. Ela diz que sempre quis ajudar as pessoas, ter autonomia para realizar seu trabalho e conquistar liberdade para isso. Segundo ela, na área da psicologia clínica os pacientes são principalmente por indicação. Seu maior desafio foi no inicio quando buscava conquistar os primeiros clientes.

• Flávia Miranda

Terapeuta - Yoga Quântica e Thetahealer

Dica da Flávia:Tenha em mente o que você quer realizar e não o que você quer “ganhar”. Que seu propósito esteja na escolha do seu empreendimento. E que, sendo assim, a sua realização seja o servir, a partir da sua vocação. Estude! Se dedique! Arrisque! Ouse! Esteja consciente e se permita sentir. É claro que algumas coisas vão dar errado no caminho, e ainda assim, muitas outras darão certo, a partir de você!
Flávia Miranda - Yogashala in

Flávia queria ser dona do próprio negócio e conquistar a liberdade de levar o que considerava mais bonito e relevante para seus alunos. Como estudiosa, leva para as aulas o que mais toca seu coração, e é essa liberdade que a preenche e sustenta sua escolha por empreender. Seu diferencial são as aulas em formato on-line ao vivo, com disponibilização da gravação para seus alunos. Além disso, outro diferencial é seu olhar para cada aluno e a narrativa durante a condução das aulas, pois seu foco é mostrar a importância da prática e a grandeza do Yoga como um caminho de descoberta sobre si. Seu desafio atual é conquistar novos alunos, pois não faz muito tempo que Flávia acolheu Floripa como seu novo lar.

• Purnina Lovato

Musicoterapia, astrologia, alquimia e constelação

Dica da Purnina:Ame muito o que você faz, sonhe, deseje e se organize. Prepare-se para enfrentar desafios inimagináveis, portanto faça reserva financeira. Cumpra agenda, traga pessoas que tenham a ver com você, faça amigos nessa trajetória, divirta-se, porque trabalhar é muito legal, mas aproveitar a vida e ter prazer e alegria é fantástico e fundamental. E faz toda essa luta valer a pena!

Purnina Lovato

O sonho da Purnina era oferecer um lugar onde as pessoas se sentissem cuidadas, logo ao chegar. O Maria Bosque foi criado envolto da música, da musicoterapia, do canto, da meditação, dos círculos de mulheres, da magia, da alquimia, da astrologia e da constelação. O maior desafio foram as burocracias e demandas de uma empresa. Seu diferencial é a forma como percebe, ouve e recebe as pessoas, além de utilizar ferramentas diferentes, como instrumentos musicais, como por exemplo: campanas alquímicas e diapasões.

• Helena e Digleima

Massoterapia e Estética

Dica da Helena: “Pesquisar o mercado para identificar os futuros clientes, valorizar seu trabalho, prestar um excelente atendimento, amar sua profissão, ter persistência, metas e objetivos bem definidos”

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 5

A motivação da esteticista Helena e da sócia, a massoterapeuta Digleima, mais conhecida como Índia, é oferecer um espaço com serviços de estética e massoterapia, mas com excelência em atendimento, inclusive oferecendo atendimento em domicílio e aceitando fazer parcerias com academias, nutricionistas e educadores físicos. O desafio, como empreendedoras, são concorrência, marketing e a atual situação da pandemia.

• Renata Volkmer

Treinamento funcional e ginásticas

Dica da Renata:Acho que a maior dica para alguém que queira começar é achar algo que goste muito e que seja prazeroso trabalhar. Depois, arriscar…. hehehe! Apostar, dar um peitaço e encarar os fatos! Buscar informações, pesquisas de campo da área… Investir! Não é fácil, muitas vezes chegamos a pensar em desistir, ainda mais em época de pandemia! Se não tiver organização e planejamento as coisas se perdem, mas antes de qualquer conhecimento, fazer algo com a alma, gostar de pessoas e ter resiliência e empatia. Saber tocar no mundo do outro
Renata Volkmer - Funcional Volkmer

Renata teve vontade de empreender, após trabalhar como professora de ginástica, dança, jump, bike e funcional, para academias que fecharam. Ela começou dando aulas na praia, mas logo aumentou o número de clientes, e com a chegada do inverno, sentiu a necessidade de dar o primeiro passo para abrir seu negócio. Em março de 2021 completou 2 anos. Ela acredita que o maior desafio é fidelizar clientes, mantendo-os motivados e conscientes de que o cuidado com o corpo é um processo longo, e que além da estética visa a saúde como um todo. O grande diferencial no espaço que construiu é tentar fugir daquele modelo de academia convencional, entre 4 paredes. Renata promove exercício físico em trilhas, passeios ciclísticos, danças na praia, entre outros. Outro diferencial é comemorar datas e eventos importantes como uma grande família.

• Marta Buchweitz

Yoga e terapias complementares

Dica da Marta: “Não desista, faça o que gosta e procure se informar. O curso de empreendedorismo “Salto do Sebrae” é ótimo, gratuito e te ensina muita coisa. Mas acima de tudo um empreendedor tem que ter proatividade e disposição para trabalhar muito e se dedicar ao seu negócio.

Marta Buchweitz - Coletivo Flor da Vida

Marta queria criar um local de expansão da consciência e cura, com a união da Yoga, meditação e terapias complementares. Ao longo do caminho, seu maior desafio foi aprender a se adaptar aos percalços que surgiram e transformá-los em aprendizado e oportunidades. O diferencial do Coletivo Flor da Vida é ser um espaço de coworking na área da saúde, que procura dar oportunidade para profissionais que estão iniciando e querem desenvolver seu trabalho.

• Shana Thaisi Fernandes

Fisioterapia, Pilates e Bem-Estar

Dica da Shana:Pesquise sobre negócios semelhantes ao seu na região. Saiba quais valores estão sendo cobrados, quanto custa o aluguel do espaço físico e quanto é necessário para investir. Procure ajuda especializada ou converse com outras pessoas que já são empreendedoras. Foque em diferenciais que o mercado não oferece, tenha uma rede de apoio capacitada, trabalhe com pessoas que você confia, planeje com cuidado para verificar os riscos e oportunidades do negócio e muito trabalho, dedicação, educação e respeito.

Shana - Mathita

Com sua experiência e formação, Shana percebeu que havia uma oportunidade para empreender aqui no Sul da Ilha. Ela entende que o maior desafio é manter a excelência no atendimento, a atualização profissional e ainda gerenciar as diferentes áreas do negócio, sem deixar de separar um tempo para a vida pessoal. A Shana, inclusive, alerta para a importância de manter o equilíbrio entre trabalho e família. Seu diferencial é investir em inovação permanente para oferecer uma gama de serviços vinculados à saúde e o bem-estar, além de acolher as individualidades e necessidades de cada paciente. Para isso, ela atende um número reduzido de participantes por sessão e ainda possibilita atendimento virtual.

• Ana Paula Vassalakis

Sobrancelhas, auto estima e sexualidade feminina

Dica da Ana Paula:Você pode tudo aquilo que desejar, basta acreditar. Apenas comece e melhore no caminho. Qualquer empreendedora nasce acreditando em algo, e faz dessa ideia algo concreto. Ao longo do tempo, vá se aprimorando.

Ana - Espaço Afrodite

A motivação da Ana foi criar um espaço que oferecesse ferramentas para aumentar a autoestima da mulher. Ela, além de fazer atendimento e dar cursos no setor de beleza, também conduz rodas de conversa sobre sexualidade feminina. Esse serviço, inclusive, surgiu após perceber a carência de informações sobre o tema por grande parte das mulheres. Segundo ela, muitas ainda desconhecem ou não conseguem atingir o orgasmo e, infelizmente, é raro encontrar espaços para se falar sobre sexualidade feminina, sem apelar para vulgaridade. A Ana tem como propósito ser uma voz que trabalha a autoestima e a sexualidade feminina, sem tabu. O maior desafio, para ela, é ainda encontrar mão de obra de qualificada.

• Néia Moraes

Cursos e Terapias – Thetahealing, Barras de Access e Reiki

Dica da Néia:O seu negócio deve ter uma visão. Qual sua visão de mundo? Qual seu propósito? O que faz seu coração cantar? Trabalhe com isso. Se não vem do núcleo da sua alma, não vai funcionar. Ou se funcionar, vai te cansar. Aquele que gera riqueza, prosperidade e dinheiro é aquele que gera valor à vida das outras pessoas. O seu negócio serve a quem? Nunca deve servir a você. Mas ao todo. Trata-se de ser contribuição para a humanidade.

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 6

A Néia estava desempregada e com dificuldade para se recolocar no mercado de trabalho quando teve a iniciativa de fazer cursos para desenvolvimento pessoal e terapias. Com sua formação como terapeuta, os atendimentos e os cursos que passou a ministrar aconteceram naturalmente e ela se viu empreendendo! Seu maior desafio foi no campo das ideias: confiar no seu potencial. Seu diferencial é ensinar as pessoas a relembrarem seu poder de cura, por meio da expansão da consciência. Ela trilhou esse caminho após experienciar 18 anos com depressão. Sua cura, segundo ela, veio através de métodos e técnicas naturais, como as terapias quânticas e integrativas. Por essa razão, ela se vê como uma missionária dessa causa.

• Melina Sulzbach

Massoterapia

Dica da Melina:Persistência, e acreditar no seu trabalho e no que você ama. Cuidar da sua energia, desenvolver a sua autoconfiança. Ir com a certeza de que você está dando o seu melhor e contribuindo. Ter ao seu lado pessoas que te impulsionam. Lembrar que errar faz parte do processo.
Melina - Meu Spa

A massoterapia já existe na vida da Melina há 20 anos. Ela queria ter a oportunidade de viver do seu dom, trazer qualidade de vida para as pessoas e poder contribuir de alguma maneira com o mundo. Seu diferencial foi a criação de uma técnica de massagem inspirada nas demandas que se apresentaram diante da situação da quarentena, a Liberação Flow –  é um tratamento de massoterapia para melhorar performance e qualidade de vida. Além de atender seus pacientes de maneira personalizada, ela sentiu a necessidade de aprimorar a massagem e transformá-la numa experiência e oportunidade de cura. O maior desafio hoje, segundo ela, é a pandemia. Fora isso, conciliar a vida pessoal com profissional e ter tempo para se dedicar a passar a mensagem que acredita, com a sua proposta de massagem.

• Lú Fernandes

Estética Facial e Corporal

Dica da Lú:Estude muito o seu mercado, ouvindo o cliente. Essa é uma fonte inesgotável para o sucesso. Tenha foco, determinação, não desista. Não desista no primeiro obstáculo, acredite em você e no seu potencial, siga sua intuição e se jogue. Não tenha medo de arriscar e invista em divulgação de qualidade.

Lu Fernandes - Estética Avançada

A motivação da Lú foi sair da zona de conforto, pois no seu ramo a concorrência é grande. Quando questionada sobre desafio, ela afirma que o maior desafio até hoje é ser melhor do que foi ontem. O diferencial da sua empresa, segundo ela, é ouvir as clientes, sentir a dor delas para encontrar o caminho certo. A filosofia do negócio também emprega a transparência e a sinceridade.

• Claudia Guirunas

Yoga, terapias corporais e cursos

Dica da Claudia: “Que seu empreendimento esteja de acordo com sua verdade mais profunda. Que seja tão forte em ti que você transborde isso ao mundo. Sendo assim, a fonte é inesgotável e trabalhar deixará de ser algo rígido. O sucesso acontece quando você está firmada nesse processo e começa a ver o dinheiro como uma energia de troca, que vem até você de forma a retornar esses esforços que você está desprendendo para criar o mundo que você acredita. Firmeza e determinação são os principais conselhos porque muitas dificuldades e empecilhos acontecem a todo instante. Vejo a necessidade de uma postura interna bem sólida para materializar seu sonho!

Claudia - Corpo Templo

A motivação para abrir um negócio veio da formação acadêmica em gestão e comunicação empresarial, com MBA em planejamento estratégico. Por muitos anos, Claudia trabalhou na área, mas paralelo a isso investia em práticas integrativas de saúde e bem estar. Após uma crise no mercado financeiro sentiu que aquilo tudo não fazia mais sentido e que precisava estruturar uma forma de manifestar o que realmente reverberava dentro de si. Ela sentia que sua vivência deveria ser algo que, significativamente, colaborasse para o melhor viver das pessoas e a proporcionasse também uma melhor qualidade de vida. Seu principal desafio foi sair de um sistema estava estável e com rendimento fixo, e ainda lidar com o descrédito familiar por entrar numa área que não era valorizada entre eles. Segundo ela, todo esse processo demandou bastante energia, mas decidiu seguir firme, mesmo diante de tanta coisa nova para organizar, inclusive uma gravidez no meio do caminho. O diferencial do seu negócio está no processo de acolhimento, que inicia desde o convite para receber atendimento ou aprendizado em algum curso, passando pelo encontro em si. Claudia utiliza diferentes mapeamentos, de diversas escolas de autoconhecimento para fundamentar, ou servir de roteiro às práticas de transformação.

• Aruanã Luz

Terapeuta e instrutora de yoga

Dica da Aruanã:Estude muito para ter propriedade no que você oferece. Medite, dedique-se e tenha paciência

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 7

A Aruanã Luz decidiu empreender para trabalhar com amor e por amor ao que faz, além de poder ter a liberdade de escolher seus horários de trabalho. Ela, assim como milhares de mães empreendedoras, tem como maior desafio gerir o tempo de trabalho com as outras demandas, como: dois filhos, casa e casamento. Conhecida por um grande grupo de mulheres, a empresária tem como diferencial um atendimento personalizado que só ela pode fazer. Ela faz massagens especiais como a Massagem Luz, Mãessagem (um acolhimento para gestantes) e ainda faz outros atendimentos personalizados para mulheres. Além disso ela oferece cursos de autoconhecimento e autocura e ainda é professora de Yoga no Studio Hatha Vinyasa. Já são 14 anos de experiência oferecendo conhecimento e ferramentas para a autocura.

• Sibelle

Esteticista e Massoterapeuta

Dica da Sibelle:Invista no seu sonho e trabalhe com o que você ama!

Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 8

Para Sibelle, abrir seu negócio e fazer o que faz estava relacionado ao seu Ikguai, ou seja, ela tinha dentro dela a missão de auxiliar as pessoas a encontrarem o equilíbrio entre a felicidade em seu íntimo e o bem-estar. E isso ela faz usando duas ferramentas: a massagem e a estética. Essa última com o intuito de elevar a autoestima. Seu maior desafio foi fazer um investimento que não teve o retorno desejado. Seu diferencial, segundo ela, é deixar os clientes satisfeitos com a sensação de felicidade, e ainda dispostos a cuidarem de si, para além do momento do procedimento estético ou da massagem.

• Rozi Niszezak

Esteticista e terapeuta holística

Dica da Rozi:É preciso ter vontade de empreender e disciplina. Você não terá um chefe para te cobrar, então precisa ter disciplina para se organizar e realizar o que se propõe a fazer. Isso é fundamental para a construção de um negócio.

Rozi Niszezak

A motivação principal da Rozi foi a liberdade de fazer algo próprio, no qual ela acreditasse. O desafio foi sempre adaptar os atendimentos para que a satisfação do cliente estivesse em primeiro lugar. Ela, inclusive aponta que o que considera desafio, seja na verdade estímulo ao mesmo tempo. Seu diferencial é fazer um atendimento personalizado que supra a necessidade de cada pessoa, como ser único que é. Tanto que grande parte da sua clientela foi construída à moda antiga, com o famoso boca-a-boca.

• Bia Godoy

Instrutora de Yoga

Dica da Bia:Seja persistente, estude o mercado, invista em marketing, não aquelas “fórmulas prontas” que vendem por aí. Procure por profissionais que analisem o SEU caso individual. Mesmo vendendo um produto que muita gente vende, a fórmula não é a mesma. Não perca sua identidade.
Mulheres Empreendedoras: Saúde e Bem-estar 9

A motivação da Bia para abrir um negócio foi conquistar independência e liberdade. Seu maior desafio foi ser sua própria chefe e ainda ter o equilíbrio de cumprir obrigações e estabelecer o tempo de descanso. Segundo ela, empreender é mais desafiador do que se imagina e não é salvação como muitos romantizam, pelo contrário é viver entre a frustração e o desejo de continuar. Fazer a parte de finanças, planejar, fazer marketing, saber pedir ajuda, estar em ambientes e conversar com pessoas que empreendem o mesmo negócio que você. É importante deixar de lado rivalidades e fortalecer a comunidade. Seu diferencial é oferecer uma plataforma de aulas de Yoga gravadas, para assinantes, com a opção de aulas ao vivo, por vídeo chamada. Ela deseja que o Yoga continue humanizado, mesmo em tempos de distância física.

• Sabrina e Giseli

Clínica de atendimento Integral à criança e a família

Dica da Sabrina e Giseli:Estruture bem a ideia, invista numa formação para te dar uma base de entendimento sobre o plano de negócios e tenha uma reserva financeira para os primeiros meses.

Sabrina e Giseli

A motivação da Sabrina e da Giseli era ter um espaço para as duas atenderem. Sabrina, como nefrologista pediátrica e Gisele como fisioterapeuta pélvica, já que são especialidades que se complementam. Logo em seguida, perceberam a importância de ter outros profissionais contribuindo para a saúde da criança e de toda a família. O diferencial foi ir de encontro com algo frio ou automático, mas sim um atendimento humanizado e acolhedor, desde o primeiro contato.

Para fazer a introdução dessa matéria que, particularmente tem meu respeito pelos processos de doença e cursos holísticos vivenciados, me senti na obrigação de partilhar o quão imprescindível é a gente se cuidar.

O Autocuidado é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e diz respeito a forma como a pessoa estabelece e mantém a própria saúde, e como previne e lida com doenças.

As três palavras, “Saúde”, “Bem-estar” e “Autocuidado”, se você estudar e aplicar em sua vida, logo perceberá que, ao se entrelaçarem, te proporcionam o que muitos buscam no Sul de Floripa, a tão desejada “Qualidade de Vida”.

E se você anda com dificuldade na procura, esperamos que essas mulheres citadas possam te ajudar na caminhada pela ‘Saúde’ e pelo ‘Bem-estar’.

Gostou? Compartilhe!

Farah Diba Albuquerque

Apaixonada por viagem e turismo, Farah Diba Albuquerque não é manezinha no DNA, mas mora em Floripa há quase 30 anos. Fez duas faculdades: Direito e Jornalismo. Mas assume que a vocação é ouvir histórias, entrevistar pessoas e escrever sobre o que vê e sente. Já morou em vários cantos do arquipélago da magia, mas foi só no Sul da Ilha que encontrou o que precisava para escrever seu primeiro livro. É nesse pacote *{natureza, história e espírito de comunidade}* que descobriu um dos presentes da terra. Jornalista do site Sul de Floripa.