Inspira, Respira, Pensa, Repensa…

Quando o mundo vira de pernas para o ar é normal não saber como agir, o que fazer, o que pensar, o que priorizar, ou até mesmo travar! Mas você não está sozinho nessa! Quando a gente achava que estava tudo certo aqui no Sul de Floripa, tudo super planejado e sendo executado da melhor forma… BOOM, veio a bomba do vírus!

O site Sul de Floripa é mais que um sonho pessoal, é o fruto de muito planejamento, focado em uma situação que de repente não existe mais! Quer dizer, existe, mas de um jeito diferente. E isso acabou fazendo a gente tirar o mês de abril para literalmente inspirar, respirar, pensar e repensar sobre tudo. Esse tempo nos deu o afastamento necessário para olhar o Sul de Floripa sob um novo ângulo. Porque quando estamos planejando algo tão próximo e estamos muito envolvidos e apaixonados, podemos fica um pouco “cegos”. Com esse tempo, consolidamos algumas ideias, fizemos ajustes no nosso planejamento, reavaliamos metas, encaramos o novo momento de frente, mas agora, com um olhar mais flexível, que pode mudar a cada dia!

Nesse momento, aos poucos os negócios vão voltando a funcionar e vamos ter que aprender a conviver com essa nova realidade. Sabão, álcool e máscaras fazem parte dessa nova etapa. E cada dia pode vir uma etapa nova, podemos evoluir, regredir ou ficar estacionados. Como vamos estar daqui a uma semana, um mês ou daqui a três meses, é um mistério!

Todos fomos afetados, de uma forma ou de outra. Todos ganhamos mais tempo para pensar na vida, no trabalho, na família, e em como usar as horas de lazer, em como e o quê consumir. Poder parar, avaliar, pensar e repensar é algo precioso, que deveria nos trazer aprendizados!

Mas, me pergunto: Será que a crise (aqui em Floripa) foi o suficiente para de fato aprendermos algo e mudarmos alguns padrões e atitudes? Ou será que agora que as coisas estão voltando a funcionar, as pessoas estejam tão “desesperadas” para retomar a vida “normal”, para religar o piloto automático, que vão esquecer qualquer aprendizado que essa crise trouxe? Ou será que seremos capazes de criar um novo normal, com novos pensamentos e atitudes? Por exemplo…

● Você percebeu a importância de ter uma pequena reserva financeira? Realmente não dá para não depender do governo. Percebemos o quanto é frágil o sistema de trabalhar hoje para poder se alimentar amanhã. Nos primeiros dias de isolamento já tinha gente sem ter o que comer. Talvez no dia a dia valha a pena alguns sacrifícios para construir essa segurança financeira.

● Nunca antes se falou tanto em valorizar o pequeno comércio do bairro! Foi muito legal ver isso! É uma causa que sempre abordamos aqui! Seria muito bacana se todos pudessem levar isso como uma atitude para o resto da vida!

Tempo, Tempo, Tempo, nunca tivemos tanto tempo para estar em casa, estar com a família, para cozinhar, ler um livro. Na “antiga vida normal” ninguém tinha tempo para nada. Agora que você teve tempo, você valorizou ele e usou com qualidade e sabedoria?

● Para os empreendedores que ainda não tinham percebido a importância de ter uma presença virtual a crise foi o limiar. Empresas que já tinham rede social, site e canais de comunicação online com os clientes tiveram muito mais facilidade nesse momento. Outras tiveram que improvisar como foi possível. Mas teve quem infelizmente, fechou as portas por falta de movimento.

● Indiretamente o consumo consciente tomou conta da nossa vida! De repente todo mundo se viu obrigado a parar e pensar sobre o que é possível e necessário consumir. Será que conseguimos manter isso para o resto da vida?

Alimentar-se de forma saudável se tornou ainda mais importante! E essa preocupação vem junto com a palavra imunidade. Uma boa alimentação é essencial para manter o sistema imunológico em alta. Não dá para passar a quarentena comendo todos os dias apenas comida pré pronta e industrializados congelados que tem mais químicos e menos nutrientes que comida de verdade.

● A importância da gente olhar para o próximo com carinho. Aqui mesmo no Sul da Ilha, tem gente que mora perto de você que pode estar passando necessidade. O próximo também pode ser o seu vizinho, que está sozinho em casa precisando conversar. Pensar em comunidade, agir olhando e  pensando nos que estão ao nosso redor, com menos egoísmo.

Aqui no site Sul de Floripa não vamos esquecer nenhuma dessas lições, mesmo que a gente já soubesse algumas coisas, é sempre bom reforçar, reafirmar e colocar cada uma delas em prática todos os dias. Todas essas lições juntas fazem a vida melhor, mais tranquila, mais prazerosa, mais consciente e sustentável!

Passado essa primeira etapa da crise, nós, por aqui, estamos retomando as atividades, sem piloto automático, avaliando sempre o novo momento de cada dia!

Gostou? Compartilhe!

Luiza Campello

Moradora do Morro das Pedras, local que escolheu para viver. Formada em Turismo e com especialização em Comunicação Estratégica. Apaixonada pelo contato com a natureza e todos benefícios que isso proporciona. Incansável na busca por uma vida mais saudável e sustentável. Administradora do site Sul de Floripa.
Fechar Menu